Help spread the world !

"THE VENTURES MOVIE" - Indiegogo Campaign : https://www.indiegogo.com/projects/the-ventures-movie-music#/
"I support this Campaign !" - Ricardo Ventures

Bo Bice and Staci Layne Wilson - LIVE


Bo Bice and Staci Layne Wilson talk The Ventures Movie! Join us and get your questions ready. 😉

DON WILSON (Co-Founder and Rhythm Guitarist)


See what my dad (DON WILSON) has to say about "THE VENTURES MOVIE" (documentary) film. "You're gonna love it!" Please share this video or/and care via our INDIE GO-GO page (https://igg.me/at/TheVenturesMovie) THANK YOU!!! - Staci Layne Wilson

THE VENTURES MOVIE - coming soon !

Translate

Wednesday, September 23, 2009

Música WALK DON'T RUN


Walk Don't Run, é uma música famosa escrita pelo músico de jazz Johnny Smith em 1955, como contra-melodia para o acorde de mudança de "Softly, As In The Morning Sunrise".

Em 1957, Chet Atkins gravou no álbum "Hi-Fi In Focus" a sua versão.

Bob Bogle juntamente com Don Wilson em 1959, através deste álbum do seu ídolo Chet Atkins fez a versão de 8 bits dos Ventures usando o vibrato bar e gravaram o single "Walk Don't Run" em 1960 através da gravadora da mãe de Don Wilson BLUE HORIZON.

Os Ventures tinham amizade antiga com um disc-jockey que conheciam quando ele trabalhava em uma emissora menor e na época estava na Rádio KJR (a maior emissora de Rock & Roll de Seattle), pediram para divulgar na emissora. E logo despertaram a curiosidade dos ouvintes, querendo saber quem eram esse Grupo. O produtor da Dolton, Bob Reisdorff também quis saber e comunicou para a Liberty Records de que poderia ser um "hit nacional" e gravaram um Single que chegou ao 2º lugar no Single Chart da Billboard dos E.U.A. e a consagração do Grupo. Não no sentido da música em si, mas na criação de um estilo próprio de tocar a música.

Na época em Seattle, só havia uma gravadora com equipamento condizente. O Estúdio subterrâneo de Joe Boles (clique para detalhes), e foi gravada numa Ampex 2 Track Recorder: Em um canal o rhythm guitar e o drums, e no outro o bass guitar e lead guitar. E foi mixado para versão mono dos singles, e posteriormente foi feita a versão estéreo sem mixagem. Nesta versão estéreo, poderá notar nitidamente cada instrumento sendo tocado.

Em novembro de 1960 foi lançado o primeiro álbum "The Ventures Walk Don't Run". A foto da capa foi feita às pressas com os funcionários da gravadora. E ao centro a modelo Barbara Grimes. Porque os Ventures estavam com a agenda lotada de shows.
Foram vendidas mais de 500.000 cópias e receberam o "Gold Record" da RIAA (Recording Industry Association of America).

Em 1964, The Ventures, fez um rearranjo ao estilo surfing sound a sua segunda versão desta mesma música com o título de "Walk Don't Run '64". Que chegou a ranquear em 8º lugar na Billboard.
A guitarra lider foi assumida pelo Nokie Edwards e o Don Wilson (rhythm guitar) usando reverb e fazendo o famoso picking com mute que se tornou marca registrada da banda, o "Ticky-Ticky Sound".
Neste álbum Walk Don't Run Vol.2 tem a participação do tecladista (organ) Leon Russel.
A modelo da capa do LP é a famosa Nancy Bacon e neste os próprios The Ventures.

Em agosto de 1965, foi lançado um LP instrucional intitulado de "PLAY GUITAR with the VENTURES" Vol.1 incluindo esta música, com diagramas e instrução de como tocar guitarra líder, rítmico e baixo com acompanhamento do disco. (Clique aqui para acessar a amostra do conteúdo deste disco).

Em 10 de março de 2008, The Ventures entraram para o "Rock And Roll Hall Of Fame" justamente com esta primeira versão da música.

Confira abaixo a versão do Chet Atkins, e as duas dos Ventures da década de 60.

"Walk Don't Run" - Chet Atkins


"Walk Don't Run" - The Ventures (1960) - Bob Bogle (lead guitar)


"Walk Don't Run '64" - The Ventures - Nokie Edwards (lead guitar)


NOTICE:

The material in this blog has been researched and ordered didactically as support for the surf rock appreciators without commercial purposes.
Praise and Tribute of The Ventures.
The use of any copyrighted material is used under the guidelines of "fair use" in title 17 § 107 of The United States Code. Such material remains the copyright of the original holder and is used here for the purposes of education, information, comparison, and criticism only.
No infringement of copyright is intended.

Thanks For The Visit !

* For better navigation, the content of this blog is being modified for the English language.